domingo, 25 de maio de 2008

Pípou

Tô aqui! Não sumi não, é que ainda não tem net no meu ap novo. Ah, aliás, consegui mudar, ehehehehehehe! Tem chuveiro mas não tem box. Tem máquina de lavar mas não tem tanque. Tem lustre mas não ligamos, hahahahah. Diz a lenda que chega a net essa semana. Em breve vou atualizar minhas visitas nos seus bloguinhos!
Beijos

segunda-feira, 12 de maio de 2008

O dente do juízo e o medo de dentista

Eu tenho uma dentista porreta. Só de olhar ela já sabe o que tá acontecendo de errado. A última vez que apareci no consultório ela foi categórica: Vc. tem os 4 dentos do siso e não tem espaço, vai precisar arrancar todos. E eu como boa brasileira fui enrolando, até que um dia acordei com a gengiva inchada e tive que aparecer de emergência lá. Fui obrigada a tirar um pedaço da gengiva e levar uma bronca deliciosa durante o processo.
Não teve jeito. Marquei hora com o cirurgião indicado por ela e fui toda faceira. Nunca tive medo de dentista. Até aquele dia. Ele era bonzinho na verdade, me deu até um calmantezinho pra relaxar, tava tudo muito bem até a primeira picada da anestesia. Achei que ia ser igual a obturar um dente. Ledo engano. A primeira "picadinha" era no céu da boca, na hora senti uma dor tão forte que me deu até enjôo, falei pra ele, e o dentista falou: ih, isso é normal, tem gente que até desmaia pq a agulha tem que ir bem no nervo. Mas que ótima notícia, tendo em vista que eu ia tirar os 4 de uma vez! 2 a 3 picadas para cada dente, pessoa passando mal, pressão baixa, tudo girando e até que enfim a anestesia fez efeito. Que sensação estranha. Fiquei anestesiada até o olho e junto com isso o calmante começou a funcionar tb, aí me deu coceira no nariz e como eu tava bem louca resolvi coçar, passei a mão por baixo do lençol da cirurgia e tasquei no nariz, o dentista: não pode encostar, já foi feita a assepsia, e eu indo para o reino de Alice.
Só sei que foi bem rápido e a única coisa que eu ouvia era um barulho estranho, como se estivessem desentupindo meu cérebro, mas era apenas o dente sendo arrancado. Depois eles me levaram para a sala de espera e eu fiquei lá meio que desmaiada esperando minha mãe vir me pegar.
Quando ela me olhou fez uma cara de espanto, olha vc pode estar vomitando, morrendo, sangrando que minha mãe ajuda, mas não peça auxílio se tem alguma coisa a ver com dente. Ela disse: Filha, vai no banheiro se arrumar antes da gente ir. Qdo me olhei no espelho com meu olho biônico anestesiado vi minha boca começando a ficar cheia de sangue, o que é normal, e aí na minha loucura do calmante resolvi pegar um copo com água pra lavar. Mas eu não sentia nada, não conseguia mexer a boca e derramei água no banheiro todo do homem, na minha roupa, comecei a rir, e só lembro que fui resgata pela ajudante do dentista e pela minha mãe.
Lembro tb te ter ido no banco do passageiro batendo a cabeça na porta cada vez que minha mãe fazia uma curva. E de ter arrancado a roupa qdo cheguei em casa e me jogado na cama, talvez alguém tenha me ligado naquela hora, mas pode ser delírio.
Tudo isso pra dizer que depois desse dia maravilhoso, eu resolvi ter medo de dentista e fiquei um tempo sem dar o ar da minha graça. Até que sábado minha gengiva resolveu me trair de novo. Ataque agudo de gengivite. Criei coragem e liguei pro dentista. Fui passando mal, achando que tava com cárie, com problema no canal, que ia ter que fazer alguma coisa. Cheguei lá o dentista olhou, olhou, mexeu, cutucou, e disse: Sua escovação é excelente, nem precisa fazer limpeza, é só uma inflamaçãozinha, vai passar sozinha.
Ufa! Me reconciliei.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Querido diário

- O ap tá ficando bonitinho e fofinho. Parece casinha de boneca, tirando a sujeira que vai levar uma geração para sair e as 3 portas do armário que vieram com defeito e se Deus quiser vão ser entregues outras em 20 dias.
- Tô na casa da minha mãe e resolvi dormir no sofá. Acordei com dor de dente, mas na verdade não era dor de dente. Demorei pra entender mas acho que dormi de mal jeito e fiquei com todo o lado esquerdo dolorido, ombro, pescoço, maxilar, nariz(!), gengiva (!) e arcada dentária. Hello! Junta tudo e joga fora, tô estragada rsrs.
- Retornei ao tricô, afinal já tá friozinho em SP. Coloquei um monte de pontos na agulha, uma lã bonita e tô mandando ver, mas não sei o que vai sair.
- Resolvi que não combino com festa junina (ainda posso mudar de idéia) e talvez eu faça outro tema para o meu aniversário. Algo como: passei no mercado, fiquei horas na cozinha e fiz esses petiscos.
- Fui visitar o shopping novo que tem aqui em SP, não achei nada interessante para comprar, então resolvi adquirir duas sombras azuis (!) para combinar com o esmalte da Elise. Qdo eu resolver usar a sombra eu mostro.
- Pq. a embalagem de meia calça de inverno da Lupo, se não me engano, mostra uma cor vinho linda e que na verdade não é vendida? Já é o segundo inverno que vou seca na loja e peço a cor da embalagem e a moça fala que não existe. Ou é roxo, ou pink ou vermelho dança no poste.
- Pq. o sapato que eu mais gosto da vitrine é o mais caro? Pq? Pq? Ainda bem que era muito alto e nem tinha meu número para eu não passar vontade.
- Pq. as pessoas usam moletom para sair de casa? Pq? Pq? É muito feio, dá um ar de desleixo e eu fico deprimida de olhar. Só é perdoável embaixo da coberta num dia cinza e chuvoso e com TPM.
- Pq. o sorvete da Haagen Dazs é tão bom? Pq. é tão caro? Alguém já provou o que vem com pedacinhos de brownie? É de comer ajoelhada na brita, como diriam as meninas do blog Gorduchas Gostosas.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Já volto, tá?

Gente, e não é que estão montando os móveis lá de casa? Pois é, chegaram 10 dias antes, que maravilha! Mas por isso estou no ap em tempo integral e ainda não tem net, nem cabo, nem gás, nem aquecedor, nem chuveiro, ... Enfim, por isso que estou sem postar, mas acho que até semana que vem os trabalhos aqui no blog serão restabelecidos.
Beijo

domingo, 4 de maio de 2008

Fim de feriado

Domingo já é o dia oficial da depressão pré segunda (ai que dor de barriga qdo toca a musiquinha do Fantástico), imagina qdo é domingo pós mega feriado.
O que vc faz qdo sente esse desânimo generalizado?
Quais são as coisas simples que te deixam feliz?
Blog Widget by LinkWithin