segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Baby

Aí que eu tava passeando, entrei numa lojinha, vendo as roupinhas, fazendo hora.
Chega a vendedora: procurando algo especial?
-Não, não só vendo as novidades.
-A "senhora" está GESTANTE?
What the fuck?
Nunca pergunte pra nenhuma mulher isso, nem se ela estiver de 9 meses!
Perdeu a cliente, né amiga?
Nunca mais uso aquela bata, nunca mais!
Vou ali me recolher em posição em fetal e já volto.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Pochetinha

Estava eu, linda e loira, na frente do Shopping Iguatemi em SP (pra quem não sabe mega uber luxo) para participar de um evento de blogs de beleza (em breve info aqui e no trendy twins). Estava eu toda arrumadinha, menina fofucha, maquiagem leve, cabelo no lugar, roupinha escolhida a dedo.
Estava eu lá toda miguxa e uma mulher se aproximou. Muito. Praticamente dava pra abraçar a moça. A tia me mediu. Inteira. Dos pés a cabeça, olhou feio mesmo.
Agora você acha que ela estava toda linda, esplendorosa e poderosa?
Não amiga, ela tava de pochete na cinta.
De pochete.
Falar o que?
I rest my case...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cinco coisas q me irritam

Adooooro meme e pesquisas e afins, rs. Talvez eu devesse trabalhar no IBGE... Vou pensar...
Bom, que me passou a tarefa foi a Ju Augusto, minha ameeega do mundo real que agora também bloga.
Preciso escrever 5 coisas que me irritam... Hum, podem ser as 49562094 coisas que me irritam? Ah, não? Droga, então lá vai.
1- pessoas que enrolam na fila do banco, do caixa, do cinema, dos correios, que conversam com o atendente sobre o filho, sobrinho, chuva, calor, quero esganar todas elas com requintes de crueldade.
2- jeitinho brasileiro, querer se dar bem em tudo, sair sem pagar, furar fila, jogar lixo na rua, aca, aca, me dá nos nervos.
3- a grandissíssima filha da putagem que é nosso alto escalão do governo, vergonha alheia, cada vez mais impostos, mais trapalhadas, tenho vergonha!
4- adolescentes que se acham muito mega hiper phodásticos, incríveis e que são os melhores do mundo e não conseguem conversar sobre nenhum assunto minimamente inteligente.
5- gente que não entende piada, hahhahahah

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Não julgue para não ser julgado

Acabei de receber um coment (que eu não autorizei, o blog é meu e isso não é uma democracia) dizendo que a pessoa ficou muito decepcionada comigo pq eu sou fútil, que ele esperava estar errado, sem querer julgar mas já julgando.
O ser entra no meu blog e lê um post (o da dica de beleza, aqui embaixo) e me julga por 2 parágrafos, não é o máximo? E ainda escreve num péssimo português, mas vamos pular essa parte.
Antes de mais nada: leia o blog e não apenas um post. E outra, se eu quiser escrever só sobre tipos de meia calça, qual é o problema? A gente não pode escrever sobre o que quer? Essa é a parte chata de se trabalhar na TV, a pessoa nem te conhece e já te julga, feio, feio, menino feio. Pq eu teria um blog mega chato falando sobre a situação econômica mundial? Aí eu não seria fútil?
Finaliza de um jeito fofo (verdade, sem ser irônica) e deseja sorte. Vocês sabem que normalmente eu nem ligaria, mas tô cansada dessa patrulha, todo mundo olhando, te vigiando, te julgando, isso aqui não é Big brother não...
Saco, e nem tô na TPM...

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Dica de beleza mega barata

Eu tenho a pele seca e é muito difícil achar um sabonete, uma loção, alguma coisa que limpe a pele e tire a maquiagem ao mesmo sem deixar aquela sensação de repuxamento ou de puro óleo.
Lendo bloguitos de beleza vi que muitas meninas retiravam a make com o Shampoo Infantil da Johnson e resolvi testar na minha pele.
Gente, o negócio funciona que é uma beleza, custa menos de 6 reais, tira bem a maquiagem e limpa a pele sem repuxar. Como a minha pele é muuuito seca, às vezes fica um pontinho de ressecamento facilmente resolvido com hidratante.
Mas recomendo, bom, bonito, barato e funciona!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Xixi...

Se vc for mulher na essência da palavra, aposto que é só entrar no carro, metrô, ônibus, botar o pé na rua, que dá aquela vontade irresistível de fazer xixi. Não vou nem comentar o que acontece qdo a gente viaja, pq por mais que eu tenha feito xixi 495830 vezes antes de sair de casa, basta entrar na estrada que minha bexiga chora.

E como é difícil ser menina nessas horas. Pq meu Deus, não temos um pinto embutido? Que horror ter que fazer xixi sentada num banheiro que não é o seu. Se o banheiro tem aquele assento de papel descartável, provavelmente a privada vai estar toda respingada e o papel não vai aliviar. Se a privada visualmente está seca, pode apostar que o assento descartável acabou. E aí se vc parte para a estratégia do papel higiênico forrando o vaso (ou espirrando álcool gel), pode ter certeza que a vontade de fazer xixi vai ficar tão grande que você não vai aguentar esperar e vai ter que se render a natureza, sentando no vaso (pq ficar agachadinha é só para atletas olímpicas, minha perna começa a tremer quase que imediatamente) e rezando pra Nossa Senhora do Sanitário Higienizado te proteger e fazer com que nenhuma bactéria toque a sua pele, amém!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Seguidora de número 200

Ae, o bloguinho tem 200 seguidores, pra ser mais exata 201, rs.
E a seguidora de número 200 é...
Atenção....
Rufem os tambores....
Talitaaaaaaaaaaa.
Parabéns Talita, vc acaba de ganharrrrrrrrrr
O prazer de um post em sua homenagem!!!
Aplausos para Talita!!!!!!!!!
Clap clap clap!!!!
Em breve voltamos com nossa programação normal...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Quer pagar quanto? (update)

Quanto será que uma roupa custa realmente?
Me fiz essa pergunta esses dias por causa de uma promoção, já explico.
Tem uma loja chiquetosa aqui em SP, quer dizer, eu acho, uma saia custar quase 300 é bastante, né? Bom, pra mim é.
Daí que passeando por um shopping descobri um outlet dessa marca, tudo novinho, sem defeitos, barato apenas pq o shopping não tá indo bem. Fui lá e tinha uma saia leeenda, adoro saias, vestidos e coisas menininhas, na etiqueta R$237,00, na promoção R$79,00.
Oh, belezinha, quase o preço de uma saia na Renner. Não tinha o meu número, fui embora.
Semanas depois voltei e a mesma saia estava por R$49,00. Vixe que maravilha, tinha o meu número, mas ficou grande, droga, fui embora de novo.
Desisti.
Mas como nem quer nada fui almoçar lá de novo e passei em frente a loja. Adivinha quanto estava a saia? R$19,00!!!!!! Oi? menos de 20 reais! E tinha um número menor que ficou perfeito.
Agora eu te pergunto, se eles vendem por 19 reais (lembrando q o preço original era 237!!) te garanto que eles não estão perdendo nada, quanto será que eles pagaram por essa peça?

PS: atendendo a pedidos a marca é Shoulder e a loja fica no shop. West Plaza, e infelizmente não estou ganhando nada por está divulgação, rs.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Por isso não provoque...

Quando eu tinha uns 17, 18 anos nem sabia direito o que era TPM. A única coisa que eu sentia de diferente é que ficava um pouquinho mais impaciente do que de costume, mas nada muito grave, às vezes eu nem notava.
Mas descobri que agora eu viro uma versão daquela série de TV, o Super Sincero, eu sou a MEGA SINCERA e SUPER IMPACIENTE.
Não pergunte a minha opinião nessa época tão linda do mês. Não pergunte pq eu vou dar...

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Testando

Eu falo pouco do meu trabalho aqui, pq pra mim esse blog é só diversão e as bobagens insanas que saem da minha cabecinha. Mas quero falar de algo que é comum a todos os atores (adendo, hoje dá até vergonha falar que é ator, né? pq todo mundo é ator, apresentador, modelo, manequim e rainha de bateria. rainha de bateria eu não sou pq infelizmente não possua aquela bunda escultural, droga!)- o teste.
Gente, fazer teste é a pior coisa que há na vida de um ator. Imagina ser julgado, olhado, gravado, analisado, observado por várias pessoas e não importa o quão bem você se saia, se um zé mané que não sabe nem ler chegar lá e tiver a cara do personagem, é ele que vai ser escolhido, e ponto.
Tem vários tipos de teste. Podem pedir para vc decorar um texto, por exemplo, aí você chega lá (nervosona) e nunca sabe o que o cara vai pedir. Ele pode querer que vc fale o texto exatamente como está no papel e se voce errar uma palavra o diretor vai ficar pedindo para repetir até o texto sair fiel. Ou então ele fala pra vc desencanar e fazer do seu jeito, legal, mas e se o seu jeito não for o jeito dele? Hum...
Mas o mais divertido (not) é quando ele fala: Ah, sei lá, vamos improvisar em cima do personagem. Em cima do personagem que você não conhece, não tem a menor idéia de como ele age e o cara fala gravando e aí te vira minha filha.
Também é comum ouvir: vc tem carinha de menina, vc tem cara de mulher, vc é muito magra, acima do peso para o papel, queria alguém menor, vc é muito baixinha, ou seja, é uma incógnita.
Ontem eu fiz um teste bem legal, mas no fim ouvi a frase fatídica, "pode improvisar um pouquinho agora, dentro do personagem". Sim amiga, você conversa com você mesma, improvisando frases que o personagem (que vc ainda não conhece bem) diria, na frente de 10 pessoas, duas câmeras e luz na cara.
É quase uma coisa Tarso Cadore, afinal pra ser ator tem que ser um pouquinho louco.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Blog Widget by LinkWithin