sexta-feira, 11 de julho de 2008

Livros

Acho que a única coisa pela qual eu sou absolutamente apaixonada é por ler. Passaria o dia inteiro lendo se eu pudesse. Meu sonho era ser dona de livraria. Mas no momento não podemos atender, deixe seu recado após o sinal. Enfim, meu pai me deu de aniversário um vale da Submarino, e a pessoa quase surtou, comprei 5 livros. Já li 3.
A Itália de Jamie Oliver: receitas italianas baseada na viagem que o chefe fez à Itália. Bem bacaninha, com receitas fáceis, baratas e aparentemente deliciosas, bem ilustrado, fotos bonitas.
As memórias do livro: baseado em fatos reais. Uma conservadora de livros é chamada para trabalhar num antigo manuscrito e encontra alguns vestígios como pêlos, asas de borboleta. Conta a história dela entremeada com a história desses vestígios. Gostei. Tem um ou dois capítulo lentos, mas é bem construído.
O guardião de memórias: Um médico faz o parto da própria esposa, de gêmeos. O menino é saudável e a menina tem síndrome de Down. Amargurado por lembranças do passado ele pede que a enfermeira leve a menina pra uma instituição, ela pega a criança e a cria como própria filha. O marido diz pra esposa que filhinha deles morreu. Muuuito bom, adorei. Não dá pra largar. Você vê como um simples fato pode modificar a vida de todos os envolvidos. Muitíssimo bem escrito.
Ah, gente, tem o meu livro, vcs lembram? Então, é praticamente uma guerra o mercado editorial, parece que eles só publicam autores já consagrados, ou autores estrangeiros, ou pseudocelebridades bundísiticas e playbolizadas. Olha, tá difícil. Mas descobri uma editora que divide os custos de publicação com o autor, fazem todo o trabaho de diagramação, ilustração, correção, sei lá, tô pesquisando, quem sabe não rola, qualquer novidade eu conto.
Blog Widget by LinkWithin