segunda-feira, 25 de maio de 2009

Caminho do Brasil

Às vezes fico imaginando como seria se algum autor de fora resolvesse escrever uma novela que se passasse no Brasil...
Sinopse:
Juan é um fazendeiro carioca que mora na praia de Copacabana, e tem uma criação de avestruz. Ele vende as penas dos bichos para todo o Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Floresta Amazônica) e faz muito sucesso, pois as penas são usadas nos trajes típicos do país.
Um dia ele e sua mulher Mercedes, ex passista da Mangueira, viajam levando um dos gêmeos, Pablo. O avião cai no meio do floresta Amazônica, apenas pequeno Pablo sobrevive e é criado por uma tribo de índios, que na verdade fica a poucos quilômetros da capital do país, Buenos Aires.
Sua irmã que não foi viajar, Joaquina Maria, por um acaso do destino não recebe sua herança e vai morar na Cidade de Deus, onde conhece o amor da sua vida Escobar, tem 5 filhos e macacos adestrados de estimação. Seu casamento foi lindo, com samba, purpurina e penas de avestruz. Para beber caipirinha e no buffet, feijoada. Mas tragédia pouca é bobagem e Joaquina morre picada por uma das milhares de cobras que andam pelas ruas, enquanto, de top less, tomava sol na praia.
Pablo fica rico vendendo colares na tribo, compra uma passagem e se muda para a capital Buenos Aires. Conhece uma mocinha simpática e se casa num terreiro de candomblé, com batuques e mulatas do Sangenteli.
Os índios revoltados com o sucesso de pequeno Pablo resolvem invadir Buenos Aires e levam onças adestradas para atacar nosso herói. Ele morre, mas ainda há esperança, seu filho Pablito é forte e honrará o nome do pai.
Blog Widget by LinkWithin