terça-feira, 17 de novembro de 2009

People don´t change

Não sei vocês, mas eu tenho alguns processos de sofrimento e queria muito me livrar deles. Talvez os conhecendo eu possa melhorar isso, mas pra ser bem sincera sou assim desde criança. É como diz o Dr. House: people don´t change.
Eu sou assim ó, chega um texto de um trabalho pra eu decorar, leio uma vez e entro em pânico, acho que nunca vou conseguir, que aquilo é impossível, sofro horrores, me dá preguiça, invento desculpas para não ler e de repente eu decoro. Vergonhoso! Quando eu era criança fazia O drama em véspera de prova, chorava, falava que não sabia nada e voltava com um 10!
Mas descobri que eu não sou a única, meu marido consegue ser pior, rs. O processo dele é em relação a compras e escolhas. Ele compra um sapato, adora, acha lindo, assim que chega em casa já não acha tão bonito, diz que o número tá errado, que machuca o pé, que não combina com nada, e isso fica acontecendo por dias, semanas e dependendo do assunto por meses. Aí, de repente, não mais que de repente ele fala: nossa, esse sapato é lindo, né?
Estamos praticamente empatados no quesito loucura, e vocês?
Blog Widget by LinkWithin