sexta-feira, 24 de abril de 2009

Dia de ginecologista...

É quase um encontro. Você se depila, escolhe a melhor calcinha, aquela blusa fácil de tirar, sai de casa cedo para não se atrasar. Só que não tem papinho mole. É direto aos finalmentes. É aquilo na mão e a mão naquilo sem preliminar, sem vinho e sem jantar. Hoje fui numa ginecologista nova. Porque meu ginecologista antigo nunca me viu nua. Na verdade eu adorava, ia lá, não precisava tirar a roupa, ele era um fofo, mas digamos que um médico "das partes" nunca ter visto sua prexeca não é um bom sinal.
Bom, quando cheguei na recepção tinha um quadro enorme da Bolívia. Ok. Não tenho nada, absolutamente nada contra médicos bolivianos, mas não ia facilitar minha vida em nada ouvir a fulana falar: Abra la RoRota por favor!
Enfim, fui chamada, a médica falou oi e devolveu a carteirinha do convênio com cara de poucos amigos. Ai minha Santa das Xoxotas em fogo, ajudai-me! Ela começou a fazer perguntas, a primeira impressão foi se desfazendo até que ela falou: Eu te conheço de algum lugar! Aha! Pronto, comecei a responder um questionário sobre o castelo ratimbum, seus personagens, como eram as gravações, e na prexeca nada.
Aí chegou a hora tão esperada: -Vamos pra outra sala fazer um exame? (E eu lá tinha opção?)
Tira a roupinha, coloca aquele avental ridículo, deita, olha para os quadros, faz cara de paisagem, analisa a pintura do teto, finge que está tranquila, até que vem duas batidinhas na perna e a frase: Relaxa.
Hahahahah. Claro, agora sim. Tudo que eu preciso pra relaxar é de duas batidinhas na perna. Enfim. Rolou aquele momento íntimo e sou obrigada a confessar que a mulher tinha mãozinhas de fada, não senti nada, pontinhos para a moça.
Bom, mas eu queria saber se tava tudo certo, ela pediu 6595309 exames legais e super divertidos, e me acalmou dizendo que tudo pode ser causado por stress.
Gente, esse mundo anda tão louco que até as Pepecas ficam nervosas. Maracujina nelas!
Blog Widget by LinkWithin