terça-feira, 3 de março de 2009

E o mundo se derrete

Não durma de conchinha.

Não pegue no meu pé.

Não questione meu horários.

Me beije no pescoço.

Na nuca.

Na boca.

Na barriga não.

Me pegue com força.

Não me pegue com força.

Seja delicado.

Não tão delicado.

Gentil sempre.

Educado.

Não toque sem permissão.

Não me chame quando estiver quase dormindo.

Me acorde com cuidado.

Ou melhor, não me acorde.

Não acenda a luz na minha cara.

Não puxe assunto na TPM.

Boazinha até a página 2, 20, 200, depende da companhia.

Vou te escutar.

Sou ótima ouvinte.

Sou friorenta e calorenta na mesma proporção.

Sempre edredon.

Nunca coberta.

Lençol liso.

Branco.

Chuva lá fora.

Sol morno, sol de outono.

Vento na cara.

Blog Widget by LinkWithin